03 motivos para assistir e se apaixonar por Girls

Agora eu tenho internet em casa e posso voltar a ficar super antenada no quesito filmes e séries. Yay! Durante todo esse meu tempo offline, a única série que consegui acompanhar quando tinha algum tempo foi Girls. Não é uma série nova, a primeira temporada foi ao ar em 2012 e a sexta e última temporada já começou a ser gravada. Encontrei por acaso esse trailer no youtube e fui procurar mais sobre a série. Desde então foi puro amor. Tenho aqui 03 motivos para vocês se apaixonarem por ela também ;).

01 – Naked Hanna

hanna

Hanna é a personagem principal, interpretada por Lena Dunham que também é a escritora da série. Sabe quando você percebe que é quase uma autobiografia da autora? Isso faz com que eu fique totalmente envolvida com a personagem. Praticamente em todos os episódios a Hannah aparece nua ou de calcinha, ela tem um corpo que é fora dos padrões impostos por aí, um corpo real, assim como o meu e talvez o seu. Com todas as dobrinhas e furinhos que temos direito. O engraçado é que no começo eu achava estranha toda essa nudez e depois de pouco tempo comecei a achar tão bonito, pois eu me sentia sendo representada nela, um lance de empoderamento feminino. Ao aceitar o corpo dela, aos poucos eu aceitava o meu. Em momento algum, pelo menos até onde assisti (4° temporada), ela tenta emagrecer ou tem alguma neura sobre peso. A sua personalidade e quem ela é está acima disso. Já vale a pena conferir, não é mesmo?

02 – Humanos

girls-hbo-adam-hannah-kiss

Os relacionamentos são os mais reais possíveis! O amor é retratado sem nenhum encanto ou promessa, e nessa parte entra o Adam que é tão estranho que chega a ser amável. No começo você passa um pouco de raiva, mas aos poucos vai entendendo melhor os personagens. Podemos encontrar todos os tipos de amigas nessa série. Aquela amiga que era certinha e ficou doidona de uma hora para outra, aquela que é super legal e que você adora, mas quando mais precisa some. Tem também a perfeita que no fundo é vazia. No meio de tantos estereótipos encontrados na vida real, a série mostra a imperfeição de todos, que é ao mesmo tempo o que torna essa união cada vez mais forte. Se você gosta de seriados fantasiosos onde tudo dá certo no final é melhor nem assistir.

03 – Trilha Sonora

girls

Todas as músicas são maravilhosas e casam tão bem, mas tão bem com os finais dos episódios que toda vez que acaba eu digo a mesma coisa: Quero essa trilha sonora para a minha vida! Depois de vasculhar pela internet encontrei uma playlist no spotify com as músicas ❤ Ela está salva como uma das minhas favoritas :).

Estou no final da quarta temporada e já de coração partido porque não quero que acabe. Mas pensando bem, é melhor acabar assim do que se tornar uma daquelas séries que vão tão longe que perdem a essência no meio do caminho.

E vocês, o que têm assistido? A minha próxima série vai ser a tão famosa Jessica Jones.

Um grande abraço ❤

Himmel

Minha experiência trocando roupas – Trocaderia

A onda de consumo sustentável está sendo maravilhosa e acredito que essa iniciativa seja mais um dos reflexos dessa mudança que finalmente chegou em nossas cacholas. É impressionante como conseguimos nos adaptar a tendências e essa é uma das que eu fico pensando – Por favor, não passe nunca!

Como falei nesse post aqui, estou passando por uma fase de transição, tentando cada vez mais me auto-conhecer e avaliar com quais roupas eu me sinto bem. Tem semanas que eu uso a mesma peça de roupa diversas vezes porque é confortável e me faz feliz. É engraçado como ficamos pensando mil vezes antes de repetir uma roupa, tentando evitar julgamentos alheios. Nesse tempo percebi que quase ninguém liga, e quem liga sinceramente é porque não tem mais o que fazer.

Trocaderia_troca_de_roupas (1)

Durante a minha limpeza no guarda-roupa separei três pilhas:

– Peças que iam ficar e estavam em bom estado.

– Peças que eu tinha carinho, mas que não ia mais usar (Essas foram para venda ou troca)

– Peças que iam para a doação.

Eu tinha um armário cheio de roupas que eu amava, mas que não serviam mais ou até mesmo que já não faziam mais o meu estilo. Isso me motivou a procurar meios de desapegar do que ficava parado e só fazia volume. Em uma das minhas andanças pelo facebook descobri o:

“Trocaderia”Que busca promover divertidas trocas de roupas entre amigas. Mais vida pro seu armário. Mais consumo consciente. Mais fins de semanas divertidos. ♥

Trocaderia_troca_de_roupas (2)

Imagem do facebook do “Trocaderia”

Minha experiência:

Quando fui ao evento, eu não tinha entendido muito bem como funcionava o trocaderia. Eu simplesmente pensei algo como “você deixa a peça lá e se você se interessar por outra você vai lá e pega.” Algo simples não é? Mas não é bem assim…  As meninas ficam responsáveis apenas por etiquetar as suas peças, mas quem tem que trocar é você, conversar com a trocadeira e oferecer muito bem as suas pecinhas para conquistar as dela.

Eu não sei você, mas quando compro algo acabo criando um tipo de afeto com a roupa, e mesmo quando não uso mais a peça eu ainda tenho muito carinho por ela. Gosto dessa idéia de trocar a roupa com alguém, desse contato mais humano, de poder conhecer melhor a pessoa que vai ser a nova dona e quem sabe até uma possível amiga de trocas hahaha.

Foi maravilhoso e já tem data para acontecer again. As meninas vão abrir as inscrições no facebook do “Trocaderia”. Aproveitem também para me dar um alô no dia do evento, vou estar por lá 🙂

Onde: MIS – av. Europa, 158, Jd. Europa
Quando: sábado (19/12), das 12h às 20h
Quanto: R$ 10

Um grande abraço,

Himmel

 

 

Riachuelo + Star Wars – Preços e Valores

Ontem eu estava andando pela Paulista, caçando mais alguma lembrança para a minha amiga secreta quando me deparo com essa coleção ma-ra-vi-lho-sa que a Riachuelo vai lançar de Star Wars.  A dica é: Que a força esteja em seu bolso! As coisas não estão tão caras, mas estão lindas e é certo que para quem é muito fã vale muito a pena! Afinal, não é algo que você pode encontrar todo dia e pelo que conversei com a gerente o estoque não está muito grande.

StarWars (9)

A coleção só vai ser lançada no dia 29 de novembro, mas os produtos já estão disponíveis, na Riachuelo da Avenida Paulista. Tirei algumas fotos e anotei os valores também para matar a curiosidade de todo mundo!

Kit Colcha de casal – 03 peças – R$ 249,90

StarWars (8)

Kit Colcha solteiro – 02 peças – R$ 169,90

StarWars (7)

Almofada para pescoço – R$ 15,90 / Almofada C-3PO – R$ 29,90

StarWars (1)

Capacho para porta – R$59,90

StarWars (4)

Kit Colcha Casal Queen – R$ 199,90

StarWars (10)

Toalhas – R$ 49,90

StarWars (5)

Camisetas – R$ 25,90 a R$35,90

StarWars (6)

Não sei se é porque estou de casa nova, mas fiquei super querendo comprar o Kit de colchas :/. Gastem por mim hahahaha!

Foco, foco e foco.

Himmel

Consumo Consciente – Desapegos

Estou sumida por aqui, eu saí de férias, mudei de casa, meu celular quebrou, a internet pifou e a preguiça reinou. Tudo isso contribuiu para a minha ausência aqui nesse meu espaço querido. Não tem muita explicação só peço que me desculpem pela ausência.

Recentemente mudamos finalmente para o nosso apartamento e eu estou amando a experiência de ter uma casa só para nós. A cada dia que passa, percebo que essa foi a melhor coisa que aconteceu nos últimos tempos

Compramos os nossos móveis em uma loja de planejados e vamos ficar sem armários até a metade de dezembro, ou seja, tenho todas as minhas roupas em caixas e as que mais uso em uma pilha bagunçada. Durante as minhas férias percebi que conseguia viver muito bem com menos e que as roupas que estavam na caixa não me faziam falta nenhuma.

Isso me fez pensar mais sobre o meu modo de consumo e como isso influenciava a minha vida. Sou daquelas pessoas que tem um monte de roupas, mas que na hora de sair nunca sabe que roupa vestir. Sinto que as minhas escolhas na hora das compras eram erradas, eu seguia a seguinte linha de raciocínio 1) É bonito? 2)Ta barato? Se as respostas fossem positivas eu levava tudo para casa e simplesmente não me importava se ia combinar com as coisas que eu tinha e muito menos se elas iam durar.

consumo

Tentando me um pouco nesse sentimento e encontrar uma solução, encontrei o blog Teoria Criativa que tem sido um norte na minha vida. Foi lá que conheci o termo armário cápsula  e pude concluir que eu não era a única que havia chegado a esse ponto, eu precisava de algum tipo de mudança na vida.

O armário cápsula consiste em um armário funcional e minimalista, onde a maioria das roupas combinam entre si e o número de peças chave fica a sua escolha, desde que leve em conta o consumo consciente. Outra coisa que me chama muito a atenção nesse conceito é que a intenção é de que você não faça compras durante este período, aprendendo assim a lidar melhor com o que já tem e conseguindo juntar $$ para compras planejadas e que vão durar mais no guarda-roupa.

Nesse tempo também li a livro “A mágica da arrumação” – A arte japonesa de colocar ordem na sua casa e na sua vida. Um livro muito pequeno para tanta sabedoria. Confesso que achei algumas partes um pouco extremas, mas existem coisas na vida que tem que ser assim mesmo. Ama ou desapega!

A Jout Jout chegou a fazer um vídeo sobre esse livro e você pode conferir aqui embaixo:

Eaí pessoal, alguém mais querendo entrar nessa onda e desapegando geral?

Um grande abraço,

Himmel ❤

03 Filmes para Assistir no PopCorn Time

Recentemente, o popcorn time saiu do ar e todo mundo ficou sem chão, inclusive eu hahaha. Ainda bem que essa crise passou e tudo voltou ao normal. No mês de julho acabei assistindo 10 filmes! Fico me perguntando se isso é um número normal. O lado positivo é que meu bolso agradece 😀 Quantos filmes vocês assistem por mês?

Vamos lá para as indicações:

Two night Stand – Trailer

Two-Night-Stand-Movie

Sinopse: Desde que Megan terminou o seu noivado, ela passa a maior parte do seu tempo em casa, entendiada. Um dia, seus amigos a convencem a sair um pouco e encontrar alguém na Internet para uma noite de sexo sem compromisso. Assim ela encontra Alec, com quem passa uma noite desastrosa. No entanto, na hora de ir embora, uma grande nevasca bloqueia a porta forçando os dois a permanecerem juntos e a se conhecerem melhor.

O que achei: Uma comédia romântica não-convencional, leve e criativa. Recomendo para dias de tpm ou quando você acha que a vida não está assim tão boa. Recentemente tenho assistido muitos filmes com o Miles Teller, e ele tem ganhado muitos pontos por fazer diferentes tipos de papéis em tão pouco tempo. Da até para fazer uma mini-maratona só com o Teller. Você pode conferir esse moço em: Divergente, Namoro ou liberdade e Whiplash.

The Loft / Prazeres Mortais – Trailer

the loft

Sinopse: Cinco amigos casados dividem um loft para manterem relacionamentos extraconjugais. A relação entre os homens, no entanto, entra em conflito quando encontram o corpo de uma mulher desconhecida na propriedade.

O que achei: Suspense, mistério e muitas intrigas. Um filme que vai te deixar com a pulga atrás da orelha até o fim. Achei muito interessante por mostrar um lado pouco retratado do universo masculino, as amizades e disputas. Sem contar que você pode matar a saudade do Superman, do Cameron do Mother Family e até do moço do Prison Break.

The Laggies / Encalhados – Trailer

the laggies

Sinopse: Quando uma jovem mulher irresponsável e imatura recebe um pedido de casamento de seu namorado, ela entra em crise. A primeira ideia é fingir que precisa fazer um retiro em busca de auto conhecimento profissional, mas de fato ela se esconde na casa da sua nova melhor amiga, a adolescente Annika.

O que achei: Um drama disfarçado de comédia, me agradou muito! Filme de fácil identificação, mostra todo o drama que passamos quando chegamos a fase adulta e ainda não estamos tão preparados assim. Sem contar a atuação da linda da Chloe Moretz que mora no meu <3.

Ah gente, estou doida por uma estreia que vai rolar nesse mês: The pitch perfect 2 / A escolha perfeita 2 só de ver o trailer já fico super animada hahaha. Eu já assisti o primeiro filme umas três vezes e estou super ansiosa pela continuação 🙂 É um filme super bobinho, mas que me faz lembrar de um tempo muito bom!

Um grande abraço, Himmel.

5 posts que me identifico

Para quem não sabe, participo e sou administradora de um grupo no facebook que se chama “Cooperativa de blogs”. Lá consigo acompanhar e ter um contato mais próximo com blogs com temas diversos e sempre ficar atualizada nos blogs das amigas. Quem quiser participar é só me dar um toque que eu adiciono 🙂

Blogagem Coletiva

Essa é a primeira vez que faço uma blogagem coletiva e adorei a ideia de compartilhar posts que me identifico e que acabo não compartilhando com ninguém.

Vamos lá aos posts:

Reflexões de uma segunda-feira – Nesse post, a Aline do @hipermetropiafashion fala um pouco sobre como a internet é útil mas ao mesmo tempo nos deixa tão preguiçosos e alienados. Nos dias de hoje eu tento diminuir um pouco mais o meu tempo do instagram e redes sociais quando chego em casa, mas devo confessar que é difícil.

3 maneiras de começar a comer legumes – Esse é um dos posts da serie Guia do preguiçoso saudável, onde a adorável Bessie B. fala um pouco sobre como deixar a comida do dia-a-dia um pouco healthy. Eu adoro as fotos que ela posta no blog e como ela consegue deixar tudo tão bonito. Um dia chego lá ❤

Definindo seu estilo – Essa foi a porta para um mundo novo no qual comecei a ver a luz no fim do túnel, onde criando a definição do estilo eu estaria livre de um consumo desenfreado, e toda essa coisa de armário capsula mudou o meu jeito de ver as coisas e pensar que sim, é possível viver com pouco. Obrigada Gabi

23/52 – Foi aqui que abri os olhos para os famosos looks do dia que vejo por aí. Ao invés de falar sobre a roupa, a Ba Moretti fala sobre como ela se sente vestindo isso e como muitas vezes acabamos nos esquecendo de como é a sensação de nos amar por inteiro.

Observando sobre a pressa ao caminhar – Eu me identifico tanto com esse texto! Volta e meia eu releio, penso e respiro. Já cheguei até a pensar em tatuar essa frase: “dê o passo, que o chão vem”. Serve como um mantra para a vida. Amo demais o jeito da Isa escrever, e ela é umas das minhas maiores fontes de inspiração.

Olha que escolher apenas 05 posts foi muito difícil! Tem tanta coisa boa que eu sigo, que nem caberia em mil posts. Me conta sobre algum post/blog que você se identifica 🙂 Eu adoraria saber.

Um grande abraço, Himmel.

Séries para devorar nas Férias

Existem alguns momentos da vida tão estressantes que você aperta aquele botãozinho para passar mais rápido. O tempo passa voando e você não faz nada, só vê ele se esvaindo. Assim anda a minha vida e o blog também. Eu só quero que setembro chegue e que tudo mude( aguardem muita coisa boa em setembro )

Recentemente comecei a pegar gosto por assistir seriados. Antigamente eu não tinha muito tempo para eles, mas não é que consegui arrumar uma solução criativa e maravilhosa? Eu volto do trabalho todos os dias vendo series, elas me distraem tanto que esse mês até passei do ponto de casa. É como entrar em mundo mágico e só acordar na rua de casa. Não importa se tem trânsito, gente mau-humorada ou se o ônibus está lotado. As vezes vou de pé encostada em qualquer canto que caiba eu e o celular. Isso tem sido de grande ajuda nessa fase da minha vida.

Agora vamos para os seriados:

The Orphan Black

Esta maravilha que venho hoje apresentar está me deixando com os cabelos em pé. Tudo começa quando Sarah está em uma estação de trem e vê uma mulher idêntica a ela cometendo suicídio. Depois desse acontecimento ela descobre que o que parecia ser estranho é muito pior do que imaginava. Sei que explicando assim parece confuso e um pouco sem sal, mas olha, te garanto que vale muito a pena. Já tem até a terceira temporada, então é um prato cheio para você que gosta de assistir uns mil episódios de uma vez só.

Tatiana Maslany é uma atriz maravilhosa e mesmo interpretando tantos papéis não deixa nenhum ficar fora de foco. Todas essas personagens femininas são girl powers, estão em busca de respostas e não vão descansar até acha-las. ( Minhas preferidas Helena e Alison ) Na minha cabeça fica a maior confusão, pois não consigo vê-la como uma mulher só, até o corpo dela parece que muda. Sem contar os outros personagens que são muito cativantes e fazem dessa série uma das melhores que já vi em tempos.

O que esperar dessa série: Nada e ao mesmo tempo tudo. Tudo o que você achar que é na verdade não é e por aí vai. Assista, que você não vai ser arrepender.

Sense 8

Quando eu comecei a escutar os rumores no facebook de que essa série estava vindo para bombar, eu não acreditei muito. Achei que era mais um Lost da vida, que muitos gostam mas poucos ficam até o final. Para não terminar assim tão rápido os episódios de Orphan Black, decidimos dar uma chance para essa novidade.

A proposta da serie é apresentar um grupo de oito pessoas que estão conectadas entre si e partilham os mesmos sentimentos e emoções. No primeiro episodio fiquei bem perdida e sem entender muita coisa, mas logo no segundo já me conquistou ( Sou apaixonada pela Riley e pela Kala ).  É bem interessante toda essa coisa de sensate, mas o que mais me chamou atenção foram os temas abordados: diferenças culturais, sexuais e muitos tabus para serem quebrados pela frente. Uma daquelas séries que te colocam para pensar. Um pequeno spoiler , mas não tão spoiler assim: Em um dos episódios eles falam sobre o momento que nós nascemos e como aquilo foi mágico e marcante para todos os envolvidos. Tudo isso ao som de uma orquestra.. Nunca havia pensado sobre o assunto e isso me tocou de uma forma muito singular.

O que é esperar dessa serie: Vá com calma jovem, ela é muito boa e precisa ser apreciada em pequenas doses. Então não assista tudo de uma vez.

Da até uma tristeza no coração porque está tudo acabando e só no ano que vem vou poder saber o que mais vai acontecer e me surpreender. Como ainda falta bastante tempo, o que vocês me sugerem?

Abraços, Himmel.

O que fazer no dia dos namorados

Milhões de pessoas comprando mimos, flores e declarando todo o seu amor por aí. Lindo , não é mesmo? Restaurantes, cinemas e motéis abarrotados de gente que quer comemorar hoje o que não comemora o ano todo.

Então a minha dica para esse dia tão especial é não faça nada. Lembra daqueles dias no começo do namoro, onde não fazer nada é a melhor coisa com a pessoa amada? O tempo passa voando e quando vemos já é sexta novamente, já é junho e o ano acabou. Considere ter um tempo sem planos, para conversar e olhar um para o outro, coisa rara em tempos modernos.

Que o amor, seja leve ❤

The Sweetness Of Doing Nothing

Filmes que assisti no Popcorn Time

Eu estava presa ao Netflix quando ouvi falar desse tal de Popcorn Time e pensei: Nossa, não pode ser verdade. Como assim tudo de graça? Baixei o aplicativo e me surpreendi. Funciona mesmo! As vezes demora para carregar, mas é uma maravilha no formato “0800.”

A melhor coisa é que é muito bem atualizado, disponibilizando até que filmes que não saíram nos cinemas do Brasil.O ponto ruim é que as vezes as legendas vem atrasadas ou nem vem, mas se você ver isso por um lado positivo, é ótimo para treinar o inglês.

Vamos para os filmes que assisti recentemente nesse aplicativo:

Love, rosie / Simplesmente Acontece Sinopse: Os jovens britânicos Rosie e Alex são amigos inseparáveis desde a infância, experimentando juntos as dificuldades amorosas, familiares e escolares. Embora exista uma atração entre eles, os dois mantêm a amizade acima de tudo. Um dia, Alex decide aceitar um convite para estudar medicina em Harvard, nos Estados Unidos. A distância entre eles faz com que nasçam os primeiros segredos, enquanto cada um encontra outros namorados e namoradas. Mas o destino continua atraindo Rosie e Alex um ao outro.

O que achei: Eu estava super ansiosa para ver esse filme, mas não encontrava em lugar nenhum para. O trailer já é muito fofo e todo esse sotaque, como lidar? Não vou dizer que o filme é perfeito, mas a vida também não é. Se você gosta de comédias românticas assim como eu, vai ficar satisfeito e com vontade de assistir de novo 🙂

Kingsman – The secret service / Kingsman – Serviço secreto

Sinopse: Eggsy é um jovem com problemas de disciplina que parece perto de se tornar um criminoso. Determinado dia, ele entra em contato com Harry, que lhe apresenta à agência de espionagem Kingsman. O jovem se une a um time de recrutas em busca de uma vaga na agência. Ao mesmo tempo, Harry tenta impedir a ascensão do vilão Valentine. Adaptação da série de quadrinhos criada por Mark Millar e Dave Gibbons.

O que achei: Eu não sou a maior fã de filmes de ação, mas esse entrou para a minha lista de favoritos. Uma mistura de Kick Ass + James Bond e uma pitada de Tarantino. Boas cenas de luta e ao mesmo tempo uma história bem coerente. Geralmente os filmes assim não me deixam satisfeita, mas dessa vez foi diferente. Mais e mais sotaques bonitos.

The Little Death / A pequena morte

Sinopse: Uma comédia que explora os relacionamentos e as vidas sexuais secretas de vários casais que moram em Sydney. Um casal tem dificuldades com o sexo quando a mulher só consegue ficar excitada ao ser assediada. Outra mulher só consegue ficar satisfeita quando o namorado chora. Um homem descobre um aspecto novo de sua personalidade após deixar a mulher inconsciente. Uma brincadeira entre um casal vai tão longe que acaba não tendo nada a ver com sexo.

O que achei: A capa não chama muito atenção, mas gente que filme bom!! O estilo é bem alternativo. Fui com poucas expectativas e fiquei maravilhada. Levanta muitas questões sobre fetichismo, que acabam sendo tabu em alguns relacionamentos. É um filme engraçado, contado de forma não linear e que reflete muito bem sobre os relacionamentos de uma forma muito real.

Estou ansiosa para ver mais filmes, já separei uns 6 próximos para assistir.

E vocês o que andam assistindo?

Abraços, da Himmel ❤

Indicação de séries para aproveitar o frio

Eu não sou a maior fã de assistir séries. Simplesmente acabo parando em algum momento e desanimando de continuar. Sou uma pessoa que quer saber o final de tudo muito rápido e não aguento essa história de esperar quase 01 ano para assistir uma nova temporada.

A última que consegui assistir inteirinha foi How I Met your Mother, e as séries que moram no meu coração são: Sex and City e Friends

Como estamos passando bastante tempo em casa e fazendo uma boa economia por conta da entrega do apartamento, acabei assistindo boa parte dos filmes que queria assistir e agora parti para as séries.

As minhas indicações do momento são as seguintes:

Unbreakable Kimmy Schmidt

Após 15 anos, confinadas em um bunker, acreditando que o mundo havia sido exterminado e ela, mais 03 mulheres e um líder de um culto apocalíptico eram os únicos sobreviventes, elas são regatadas e Kimmy, a personagem principal, tem que se adaptar ao mundo moderno. 

Nota extra: Um homem chamado Ariel Castro raptou 03 mulheres e as manteve em cativeiro por 11 anos, nos Estados Unidos em Ohio. Elas foram resgatas em 2013. Será que eles se inspiraram nessa história?

Eu demorei um pouco para me render a essa série por conta da sinopse. Oi?! Culto apocalíptico, resgate e uma série de humor? Não não, eu passo. Acontece que muitas pessoas começaram a comentar e eu decidi que talvez fosse melhor eu ver o primeiro episódio e dar uma chance. O resultado é: Já assisti 08 episódios e estou amando essa série.

Porque assistir? É uma série leve, engraçada e que te faz pensar na vida. Kimmy é um exemplo de mulher que a todo tempo está se superando e tentando ver o melhor lado da situações. A série traz personagens interessantes que fogem do estereótipo “normal” e todos eles são muito legais. O Dan acha que eu e a kimmy temos um jeito parecido. Talvez ela seja mais uma Alice por aí.

The Following

Joe Carroll é um assassino diabólico que admira a obra de Edgar Allan Poe. Ele usa a tecnologia e sua inteligência para criar um culto de serial killers, todos ligados uns aos outros e espalhados por todo os Estados Unidos. O ex-agente do FBI Ryan Hardy, que o caçou e o capturou no passado, é forçado a voltar ao trabalho após sua fuga de prisão.

Comecei a assistir porque o Dan insistiu. Eu já estava um pouco curiosa pois adoro suspenses e sempre fico interessada quando se trata do Poe, afinal ele é um dos autores mais famosos de todos os tempos, além de ter vários filmes baseados em suas obras.

Porque assistir? Um suspense policial que te prende a cada minuto, daqueles que você acha que está tudo bem e BUM, acontecem mais mil reviravoltas. A série é muito bem pensada e a trama bem amarrada. O melhor ponto é que está na terceira temporada então você pode assistir muitos episódios sem ter que esperar muito.

Que séries vocês amam ou qual andam acompanhando? Me conta 🙂