Minha experiência trocando roupas – Trocaderia

A onda de consumo sustentável está sendo maravilhosa e acredito que essa iniciativa seja mais um dos reflexos dessa mudança que finalmente chegou em nossas cacholas. É impressionante como conseguimos nos adaptar a tendências e essa é uma das que eu fico pensando – Por favor, não passe nunca!

Como falei nesse post aqui, estou passando por uma fase de transição, tentando cada vez mais me auto-conhecer e avaliar com quais roupas eu me sinto bem. Tem semanas que eu uso a mesma peça de roupa diversas vezes porque é confortável e me faz feliz. É engraçado como ficamos pensando mil vezes antes de repetir uma roupa, tentando evitar julgamentos alheios. Nesse tempo percebi que quase ninguém liga, e quem liga sinceramente é porque não tem mais o que fazer.

Trocaderia_troca_de_roupas (1)

Durante a minha limpeza no guarda-roupa separei três pilhas:

– Peças que iam ficar e estavam em bom estado.

– Peças que eu tinha carinho, mas que não ia mais usar (Essas foram para venda ou troca)

– Peças que iam para a doação.

Eu tinha um armário cheio de roupas que eu amava, mas que não serviam mais ou até mesmo que já não faziam mais o meu estilo. Isso me motivou a procurar meios de desapegar do que ficava parado e só fazia volume. Em uma das minhas andanças pelo facebook descobri o:

“Trocaderia”Que busca promover divertidas trocas de roupas entre amigas. Mais vida pro seu armário. Mais consumo consciente. Mais fins de semanas divertidos. ♥

Trocaderia_troca_de_roupas (2)

Imagem do facebook do “Trocaderia”

Minha experiência:

Quando fui ao evento, eu não tinha entendido muito bem como funcionava o trocaderia. Eu simplesmente pensei algo como “você deixa a peça lá e se você se interessar por outra você vai lá e pega.” Algo simples não é? Mas não é bem assim…  As meninas ficam responsáveis apenas por etiquetar as suas peças, mas quem tem que trocar é você, conversar com a trocadeira e oferecer muito bem as suas pecinhas para conquistar as dela.

Eu não sei você, mas quando compro algo acabo criando um tipo de afeto com a roupa, e mesmo quando não uso mais a peça eu ainda tenho muito carinho por ela. Gosto dessa idéia de trocar a roupa com alguém, desse contato mais humano, de poder conhecer melhor a pessoa que vai ser a nova dona e quem sabe até uma possível amiga de trocas hahaha.

Foi maravilhoso e já tem data para acontecer again. As meninas vão abrir as inscrições no facebook do “Trocaderia”. Aproveitem também para me dar um alô no dia do evento, vou estar por lá 🙂

Onde: MIS – av. Europa, 158, Jd. Europa
Quando: sábado (19/12), das 12h às 20h
Quanto: R$ 10

Um grande abraço,

Himmel

 

 

Riachuelo + Star Wars – Preços e Valores

Ontem eu estava andando pela Paulista, caçando mais alguma lembrança para a minha amiga secreta quando me deparo com essa coleção ma-ra-vi-lho-sa que a Riachuelo vai lançar de Star Wars.  A dica é: Que a força esteja em seu bolso! As coisas não estão tão caras, mas estão lindas e é certo que para quem é muito fã vale muito a pena! Afinal, não é algo que você pode encontrar todo dia e pelo que conversei com a gerente o estoque não está muito grande.

StarWars (9)

A coleção só vai ser lançada no dia 29 de novembro, mas os produtos já estão disponíveis, na Riachuelo da Avenida Paulista. Tirei algumas fotos e anotei os valores também para matar a curiosidade de todo mundo!

Kit Colcha de casal – 03 peças – R$ 249,90

StarWars (8)

Kit Colcha solteiro – 02 peças – R$ 169,90

StarWars (7)

Almofada para pescoço – R$ 15,90 / Almofada C-3PO – R$ 29,90

StarWars (1)

Capacho para porta – R$59,90

StarWars (4)

Kit Colcha Casal Queen – R$ 199,90

StarWars (10)

Toalhas – R$ 49,90

StarWars (5)

Camisetas – R$ 25,90 a R$35,90

StarWars (6)

Não sei se é porque estou de casa nova, mas fiquei super querendo comprar o Kit de colchas :/. Gastem por mim hahahaha!

Foco, foco e foco.

Himmel

Consumo Consciente – Desapegos

Estou sumida por aqui, eu saí de férias, mudei de casa, meu celular quebrou, a internet pifou e a preguiça reinou. Tudo isso contribuiu para a minha ausência aqui nesse meu espaço querido. Não tem muita explicação só peço que me desculpem pela ausência.

Recentemente mudamos finalmente para o nosso apartamento e eu estou amando a experiência de ter uma casa só para nós. A cada dia que passa, percebo que essa foi a melhor coisa que aconteceu nos últimos tempos

Compramos os nossos móveis em uma loja de planejados e vamos ficar sem armários até a metade de dezembro, ou seja, tenho todas as minhas roupas em caixas e as que mais uso em uma pilha bagunçada. Durante as minhas férias percebi que conseguia viver muito bem com menos e que as roupas que estavam na caixa não me faziam falta nenhuma.

Isso me fez pensar mais sobre o meu modo de consumo e como isso influenciava a minha vida. Sou daquelas pessoas que tem um monte de roupas, mas que na hora de sair nunca sabe que roupa vestir. Sinto que as minhas escolhas na hora das compras eram erradas, eu seguia a seguinte linha de raciocínio 1) É bonito? 2)Ta barato? Se as respostas fossem positivas eu levava tudo para casa e simplesmente não me importava se ia combinar com as coisas que eu tinha e muito menos se elas iam durar.

consumo

Tentando me um pouco nesse sentimento e encontrar uma solução, encontrei o blog Teoria Criativa que tem sido um norte na minha vida. Foi lá que conheci o termo armário cápsula  e pude concluir que eu não era a única que havia chegado a esse ponto, eu precisava de algum tipo de mudança na vida.

O armário cápsula consiste em um armário funcional e minimalista, onde a maioria das roupas combinam entre si e o número de peças chave fica a sua escolha, desde que leve em conta o consumo consciente. Outra coisa que me chama muito a atenção nesse conceito é que a intenção é de que você não faça compras durante este período, aprendendo assim a lidar melhor com o que já tem e conseguindo juntar $$ para compras planejadas e que vão durar mais no guarda-roupa.

Nesse tempo também li a livro “A mágica da arrumação” – A arte japonesa de colocar ordem na sua casa e na sua vida. Um livro muito pequeno para tanta sabedoria. Confesso que achei algumas partes um pouco extremas, mas existem coisas na vida que tem que ser assim mesmo. Ama ou desapega!

A Jout Jout chegou a fazer um vídeo sobre esse livro e você pode conferir aqui embaixo:

Eaí pessoal, alguém mais querendo entrar nessa onda e desapegando geral?

Um grande abraço,

Himmel ❤